Notícias sobre a oferta desportiva do CFP

Realizou-se hoje a Corrida EDP Lisboa, a Mulher e a Vida, um evento solidário, que já doou mais de 700 mil euros à Liga Portuguesa Contra o Cancro, e que teve a distância de 5 km, num percurso junto ao rio Tejo.

Entre as mais de 7 mil participantes, encontravam-se atletas como Dulce Félix, Vanessa Fernandes, Silvana Dias, Doroteia Peixoto, Melanie Santos e Sandra Teixeira, a par de algumas outras internacionais, como a queniana Brigid Kosgei, 2ª na maratona de Lisboa em 2016, e Eunice Chumba, do Bahrein, 4ª classificada no Mundial de meia-maratona, para além de duas mãos cheias de atletas do Clube Ferroviário de Portugal.

Na apresentação do evento, a olímpica Rosa Mota e Carlos Móia, presidente do Maratona, destacaram a importância do evento na “sensibilização das pessoas para a necessidade de fazerem rastreios regulares”.

 

Mais de 600 atletas participaram no passado dia 6 de maio na Alegro Meia Maratona de Setúbal.

Carlos Silva foi o grande vencedor da prova ao concluir os 21.097 km do percurso com o tempo de 1h09m48s, seguido de Marco Miguel que terminou com o tempo de 1h10m08s.

Na terceira posição ficou Nelson Cruz que concluiu a prova com o tempo de 1h11m23s.

No sector feminino a grande vencedora foi Cláudia Pereira, que concluiu a prova com o tempo de 1h23m00s.

Todas as classificações da prova podem agora ser consultadas aqui.

 

Mais de 1.200 atletas participaram no passado dia 1 de maio de 2018 na 37ª edição dos 15 km da Corrida Internacional do 1.º Maio.

Bruno Paixão foi o grande vencedor da prova ao concluir o percurso com o tempo de 48m10s, seguido de Carlos Silva que terminou com 48m55s. Na terceira posição ficou Pedro Arsénio que concluiu a prova com o tempo de 49m17s.

No sector feminino a grande vencedora foi Sandra Protásio que concluiu a prova com o tempo de 57m21s.

Vários foram os atletas do CFP que também deram corpo a esta emblemática prova de atletismo.

Todas as classificações podem ser consultadas aqui.

 

A Federação das Coletividades de Cultura, Recreio e Desporto do Distrito de Lisboa (FCDL), a Associação de Coletividades do Concelho de Lisboa (ACCL) e a Associação 25 de Abril (AA25) em coorganização com a Câmara Municipal de Lisboa, e em parceria com a Confederação Portuguesa das Coletividades de Cultura, Recreio e Desporto, a CMO – Câmara Municipal de Odivelas e as Juntas de Freguesia de Lisboa e Odivelas, levaram a efeito no dia 25 de abril de 2018, pelas 10h30, a 41ª Corrida da Liberdade.

A prova foi constituída por três percursos distintos:

  • Percurso A: 11 km / Partida no Quartel do R. E. 1 (Pontinha)
  • Percurso B: 5 km / Partida no Largo do Carmo
  • Percurso C: 1 km / Marquês de Pombal (Início Av. da Liberdade)

Todas as provas tiveram início às 10h30 e a meta na Praça dos Restauradores.

Os Ferroviários participantes espraiaram-se pelo percurso A, mostrando aqui a sua valentia!

Também se realizou a Caminhada da Liberdade, prova aberta a todas as idades, com um percurso de 2,5 km metros que se iniciou na Av. Fontes Pereira de Melo.

 

Realizou-se no sábado dia 21 de abril pelas 21 horas a sexta edição da “W Shopping Scalabis Night Race -10 km”.

Prova com partida e chegada no Jardim da Liberdade em Santarém, que teve como Padrinho o ex Campeão Paulo Guerra, contou com a participação de 2800 atletas, que puderam comprovar o crescimento e a qualidade de uma das mais concorridas provas de 10 km do País.

Esta é uma prova com um ambiente singular, onde predomina uma animação constante, desde vinho, bifanas, pampilhos (o bolo tradicional da região), fogo de artificio e animação com muita música. Se juntarmos ainda um percurso simpático sem subidas de relevo, uma noite amena e um público muito efusivo e incentivador, esta é uma prova que qualquer atleta deveria experimentar!

No sector masculino Pedro Januário do I. D. Vieirense com 31m49s, foi o grande vencedor; logo atrás ficou António Almeida da Casa do Benfica de Abrantes com 31m54s; fechou o pódio o vencedor de 2017, Luís Rações, dos Ingleses FC, com 32m08s.

No sector feminino o domínio foi da atleta do Sporting Ana Mafalda Ferreira com 34m13s, logo atrás Filipa Sá Maia da Asics Lisboa Run Club com 40m35s, e em terceiro lugar ficou Rita Ribeiro do Correr Lisboa com 41m41s.

Apenas um senão, o facto de não haver prémios por escalão. Contudo em nada belisca a excelente organização.

Classificações aqui

 

Rui Pinto, em masculinos, e Silvana Dias, em femininos, venceram este domingo a 13.ª edição da Corrida Benfica.

A competição, de 10 quilómetros, que homenageia todos os anos o atleta António Leitão, foi uma vez mais ganha por Rui Pinto, depois de ter sido o vencedor nas duas últimas edições, enquanto Silvana Dias foi uma estreia.

Na segunda posição de femininos terminou Margarida Raimundo, e na terceira posição Dulce Félix, que regressou à estrada depois de ter sido mãe.

De entre os cerca de 10.000 participantes, o Clube Ferroviário de Portugal fez-se representar por 18 atletas que nas diversas passagens cruzadas se puderam saudar e desejar uns aos outros! Quase todos envergavam já os novos equipamentos do Clube recentemente distribuídos.

As classificações da corrida podem ser consultadas aqui

 

Decorreu no passado dia 25 de Março o I Grande Prémio de Atletismo Os Galgos “Ricardo Alves”, cuja organização esteve a cargo do Clube Desportivo Os Galgos Audazes em parceria com o Município.

A prova, integrada no calendário de provas do Troféu de Atletismo de Cascais, contou com a participação de atletas dos escalões de Benjamim a M70 (atletas com mais de 70 anos) de ambos os géneros, tendo-se as provas iniciado pelas 9h30 e terminado pelas 12h30.

Individualmente foram atribuídos troféus do 1º ao 10º classificado de cada escalão bem como taças às 10 primeiras equipas classificadas (com um mínimo de 3 atletas a pontuar).

Esta prova contou com a participação de mais de 500 atletas, onde se incluíam cerca de uma dezena de atletas do Clube Ferroviário de Portugal, que no âmbito das provas das localidades de Sintra, Oeiras e Cascais se fazem representar pelo Clube Desportivo Os Galgos Audazes.

 

PAVILHÃO DO PARQUE DE JOGOS 1º DE MAIO, LISBOA

26.05.2018

 No último torneio da época a contar para o ranking, o Clube Ferroviário de Portugal conquistou o lugar de CAMPEÃO por equipas e Nuno Mexa foi o campeão individual!

O Clube Ferroviário e os seus atletas estiveram presentes neste Torneio, onde muito brilharam, individualmente e por equipas!

Muitos parabéns ao Nuno Mexa por mais um excelente resultado no torneio e  por ser o grande campeão desta época e a toda a equipa pela vitória coletiva.
O Nuno recebeu um troféu pelo 1º lugar no ranking e o Paulo Martins uma medalha pelo seu 6º lugar no Ranking… parabéns também ao Paulo.
Obtiveram classificação (ficaram entre os primeiros 32 participantes):

1 – João Oliveira (Queijas)

2 – Nuno Mexa

8 – Paulo Martins

11 – Amílcar Maria

13 – Carlos Teló Nunes

14 – Jaime Pinto

16 – Marco Pedro

19 – Moisés Barata

Teremos em Junho o último torneio da época, o Campeonato Nacional de  Equipas, onde apenas estará presente parte da equipa do CFP, mas a bater-se, como sempre, ao seu melhor nível.

Saudações aos atletas do CFP pelo seu óptimo desempenho!

 

21-05-2018 | 2.ª Feira | Hora 22h00 | Lisboa

A equipa de voleibol feminino do Clube Ferroviário de Portugal conquistou um brilhante 2º lugar na classificação final do campeonato. PARABÉNS!

Na 14ª e última jornada da fase final do campeonato INATEL, derrotou a equipa da Lusófona por 3-1.

Um 1º SET equilibrado em que estivemos em desvantagem até aos 13 pontos, traduziu-se numa vitória por 25-23.

No 2º SET estivemos sempre à frente e o resultado de 25-14 espelha bem a nossa superioridade.

O 3º SET parecia encaminhado para nova vitória (tivemos 6 pontos de vantagem) mas uma má fase final originou a derrota tangencial por 24-25.

No 4º SET a equipa voltou a exibir-se a bom nível e venceu por claríssimos 25-9.

Treinador: Luís Coelho

Atletas: Inês Mieiro (Capitã), Rita Alves, Giulia Casagrande, Suely Tavares, Rita Almeida, Inês Krug, Mafalda Petra, Sofia Megre, Catarina Sequeira, Ana Pinto, Helena Jacobetty, Bárbara Paredes

PARABÉNS às nossas atletas que tiveram um excelente comportamento e que obtiveram um brilhante 2º lugar, realizando um campeonato acima das expectativas.

Efetivamente disputámos o 1º lugar até à penúltima jornada em que tínhamos de vencer a TAP por 3-0 e anular uma desvantagem de 15 pontos. Anulada a desvantagem logo num fabuloso 1º SET (25-9) estivemos a 1 ponto de vencer o 2º SET (24-22) o que nos tinha dado um ânimo adicional para depois vencer o 3º SET. Não conseguimos…mas estivemos muito perto e demonstrámos a nossa grande qualidade.

Conheça a nossa equipa nas fotos anexas

 

15-05-2018 | 3.ª Feira | Hora 21h30 | Lisboa

Na 13ª jornada da fase final do campeonato INATEL, a equipa de voleibol feminino do Clube Ferroviário de Portugal defrontou o Clube TAP Portugal num jogo decisivo para o apuramento do campeão da época 2017/2018.

Com 2 derrotas contra apenas 1 da TAP e tendo perdido na 1ª volta por 3-0, o único resultado que interessava à nossa equipa era a vitória por 3-0 para empatar quer em número de pontos quer nos resultados dos SET entre as equipas empatadas. Para além disso, tendo em conta o 3º critério de desempate, a nossa equipa tinha de recuperar de uma desvantagem de 15 pontos (no jogo da primeira volta a TAP tinha somado 75 pontos contra apenas 60 do Ferroviário: 17-25; 21-25 e 22-25).

Conhecendo bem esta situação, a equipa do Ferroviário entrou muito forte e determinada no 1º SET e realizou o melhor período de voleibol de toda a época desportiva. Com um serviço agressivo e eficaz, um bloco muito forte, grande concentração na receção e uma enorme atitude defensiva, vencemos o SET por expressivos e impensáveis 25-9 ! Foi o resultado de SET mais desnivelado de toda a época e logo frente à equipa mais forte.

Com este resultado, não só tínhamos vencido o SET como tínhamos conseguido anular a desvantagem de 15 pontos. Bastava-nos ganhar os 2 SET restantes mesmo que apenas por 1 ponto.

O 2º SET começou da pior forma e cedo nos vimos a perder por 0-6. No entanto, uma forte e determinada reação permitiu-nos fazer uma recuperação sensacional e chegar a uma vantagem de 22-19 e, posteriormente, de 24-22, apenas a 1 ponto de vencer novo SET. Com alguma infelicidade (mas também com mérito do adversário) não conseguimos “fechar o SET” e cedemos 3 pontos consecutivos, acabando por perder por 24-25.

Este forte revés quando tínhamos estado tão perto do nosso grande objetivo de alcançar o 1º lugar, deixou marcas no ânimo da equipa. Desfeito o “sonho” e mesmo não tendo jogado mal, perdemos naturalmente os 3º e 4º SET por idênticos 17-25.

Com esta derrota e quando falta apenas uma jornada, a TAP sagrou-se campeã e o Clube Ferroviário de Portugal partilha o 2º lugar com o Clube Portugal Telecom, ambas com 3 derrotas.

Treinadores: Luís Coelho e Marta Krug

Atletas: Rita Alves (Capitã), Ana Pinto, Giulia Casagrande, Suely Tavares, Mafalda Petra, Sofia Megre, Inês Mieiro, Inês Krug, Helena Jacobetty, Catarina Sequeira e Mariana Barroso.

Parabéns Clube TAP Portugal pela conquista do título e PARABÉNS também às nossas atletas que tiveram um excelente comportamento e que, independentemente da classificação final, realizaram um campeonato acima das expectativas, facto reconhecido por todos os intervenientes – Organização INATEL, árbitros e equipas.