Futebol no CFP

O Clube Ferroviário de Portugal encontra-se a disputar desde o passado dia 12 de outubro, época 2019/2020, a “Sideline Open Cup” e a “Liga Futebol de Onze”, campeonatos organizados pela Sideline, com o apoio da Federação Portuguesa de Futebol e do Núcleo de Arbitragem de Lisboa.

Estes campeonatos são talvez os melhores campeonatos amadores em Portugal, consequência da excelente organização e duma crescente qualidade das equipas intervenientes.

O Clube Ferroviário de Portugal, consciente das dificuldades, contratou o Mister Edivandro Oliveira, diplomado com o nível 1, por forma a conseguir levar o CFP a um elevado nível de qualidade, procurando incluir o clube no lote dos favoritos á vitória no campeonato desta época, tendo obtido o 2º lugar do pódio na época passada.  

A equipa técnica será assim composta por Edivandro Oliveira e Marcos Vagner Santos, técnicos com experiência na Liga em que o Ferroviário irá participar, e serão os responsáveis pela motivação da equipa, pela sua competitividade e pela prática de bom futebol. No início da pré época a equipa do CFP participou num torneio de futebol de 11, denominada “Taça do Clube Ferroviário de Portugal”,  o qual já se realiza há quatro épocas consecutivas e é realizada nas instalações do campo do Ferroviário, em Marvila. Este torneio serviu como um teste para a equipa, permitindo à equipa técnica fazer os ajustes necessários ao arranque perfeito deste campeonato. Este torneio foi muito importante, pois permitiu avaliar a equipa já num quadro competitivo, em que o resultado foi muito positivo, com um 1º lugar,  e vitória na 4ª edição da Taça Clube Ferroviário de Portugal.

OS NOSSOS JOGADORES: João Carvalho, Wallace Oliveira, Leandro Rafael, Diogo Fernandes, Cristiano Ribeiro, Nuno Gil, Mamadou Diallo, Alessandro Soares, Daniel Pereira, Pedro Fernandes, Jorge Oliveira, Luis Dias, Romário Oliveira, Gabriel Baldino, Mamadou Baldé, Nuno Tavares, Daniel Tavares, Ameth Diagne, Gleydson Santos, Nelson Semedo, Jordão Furtado, Dino Vaz, Edilson Borges, Servulo Sousa e Alexander Teixeira. Pela necessidade de renovar o plantel, entraram este ano 15  novos jogadores, os quais têm estado a evoluir favoravelmente no sentido de se tornarem opções válidas para este tão exigente campeonato. Os restantes atletas transitados da época anterior têm já um conhecimento do jogo mais próximo das exigências do CFP, existindo uma enorme expectativa em redor da prestação da equipa.

02-12-2018 | Domingo | 16:00 | Olivais

 “Tantas vezes o cântaro vai à fonte…”

…Que acaba por lá ficar!

Já é velho o ditado e em mais uma jornada do campeonato que colocava frente-a-frente duas equipas conhecidas, não podia fazer mais sentido.

Num jogo que se esperava de muita luta e entrega, a equipa da casa confirmou o seu estatuto de equipa lutadora e na primeira parte assistiu-se a um jogo dominado pelos visitantes, e com algumas combinações a resultarem em lances perigosos, mas num jogo sempre muito faltoso e onde as saídas em ataque organizado eram constantemente, e de forma inteligente, paradas pela equipa dos Estrelas.

Ao intervalo permanecia o nulo no marcador.

A segunda parte iniciou-se com o jogo nos mesmos moldes mas a entrega da equipa do Ferroviário levou a que nos últimos 15 minutos, e através de rápidas jogadas, o avançado da equipa Sandro conseguisse fazer balançar as redes da baliza da casa, concluindo um belo hat trick e uma vantagem por 3 golos inteiramente justa.

Parabéns a toda a equipa pela exibição e pela vitória!

Equipa titular: Marcelo, Djaló, Aguiar, Diogo, Pedro Fernandes, Gil (c), Wagner, Nuno Teixeira, Jorge Silva, Pedro Pimenta e Sandro

Entraram depois: Nélson Semedo, Dino, João Carvalho e Cristiano

Equipa técnica: José Inácio e Edivandro Oliveira

Marcadores: Sandro (3)

Disciplina: Nada a assinalar

 

27-10-2018 | domingo | 18:30 | Marvila

Excelente exibição, numa vitória por números bem expressivos!

Depois do empate na jornada inaugural frente à equipa do Banco de Portugal, a equipa do Clube Ferroviário de Portugal defrontava o Técnico, equipa já conhecida da edição anterior, e que havia vencido o Zambujalense na primeira jornada.

À procura da primeira vitória no campeonato, a equipa do Ferroviário apresentou-se com o seu futebol apoiado e com qualidade de posse de bola, e foi com alguma naturalidade que inaugurou o marcador, num bom remate do avançado Alexsander.

Continuando a “mandar” no jogo e colocando no mesmo o ritmo que lhe ia interessando, a equipa da casa dilatou a vantagem através de um belo remate de Pedro Pimenta e, minutos mais tarde, através de um cabeceamento certeiro de Aguiar!

Na primeira parte ainda houve tempo para a equipa de arbitragem vislumbar (!) uma infração da equipa da casa e apontou para a marca de grande penalidade, onde o jogador adversário reduziu para 3-1, resultado que se manteve até ao intervalo.

Na segunda parte verificou-se o acentuar do controlo e da pressão da equipa da casa e através de Alexsander, Matheus e Jorge (por duas vezes) foi dilatado o resultado até aos 7-1, com que se fixou esta 1ª vitória no campeonato.

Parabéns a toda a equipa pela exibição e pela vitória!

Equipa titular: Marcelo, Djaló, Aguiar, João Carvalho (capitão), Gil, Wagner, Matheus, Daniel, Pedro Pimenta, Sandro e Alexsander

Entraram depois: Jorge Silva, Nélson, Crstiano e Nuno Pimenta

Equipa técnica: José Inácio e Edivandro Oliveira

Marcadores: Alexsander (2), Jorge Silva (2), Aguiar, Pimenta e Matheus

Disciplina: Nada a assinalar

20-10-2018 | domingo | 18:30 | Marvila

 Divisão de pontos na jornada inaugural

Era com expectativa que se aguardava a estreia destas duas equipas, velhas conhecidas, na competição deste fim de tarde de domingo em Marvila.

A equipa do Banco de Portugal, conhecida pela sua estabilidade defensiva e por gostar de surpreender o adversário na certa e através de jogadas rápidas, iniciou o jogo permitindo a posse de bola à equipa do Ferroviário, que não a aproveitava com muito critério e cometia algumas falhas na construção do seu processo ofensivo.

Apesar de algumas oportunidades para ambas as equipas, na primeira parte não se verificaram golos e o placard chegou ao intervalo sem qualquer alteração.

Na segunda parte o domínio da equipa do Ferroviário foi mais abrangente e com um maior número de possíveis concretizações para golo, mas que não se verificaram.

No último lance da partida, realce para uma excelente defesa do guarda-redes do Ferroviário, após um cabeceamento perigoso na zona da marca de grande penalidade e que foi uma das raras oportunidades para a equipa visitante.

Equipa titular: Marcelo, Gil (c), Diogo, Aguiar, Cristiano, Nuno Teixeira, Matheus, Daniel, Pedro Victor, Ameth e Sandro.

Entraram depois: Alexsander, João Carvalho, Thiago Ferri, Pimenta, Djaló e Jorge Silva.

Disciplina: Amarelos: Sandro, Aguiar e João Carvalho.